O objetivo desse texto é despertar o interesse dos candidatos  sobre o que é  Mindfulness e como essa ferramenta pode ser útil em suas atividades de estudo, proporcionando  melhoria de saúde e bem-estar

O que é Mindfulness?

“Mindfulness é a prática de manter a atenção no que se passa no momento, ainda que a situação seja desagradável, em vez de usar  tempo e energia para lutar contra a realidade. Essa consciência plena não altera os  fatos, mas muda a sua relação com eles, e assim  tudo muda”.

Mindfulness é estar desperto para plenitude de nossas vidas neste exato momento, envolvendo os cinco sentidos e observando as mudanças em nossos cenários mentais, sem nos apegarmos ou nos afastarmos de qualquer um deles. É um modo de ser e de se relacionar com si próprio, com as circunstâncias, com os outros e com o mundo ao redor”

Logo Mindfulness é aceitação, você não desperdiça energia. “A pessoa  fica receptiva ao que está acontecendo, não importa o que seja – no corpo, na mente e no ambiente – e vivência as coisas como são, sem se deixar levar pelo impulso de muda-las”.

Benefícios  de Mindfulness:

A) Ajuda a reduzir o estresse dos candidatos;

 B) Auxilia na administração da raiva e do ressentimento dos candidatos. Situações de raiva perturbam a paz interior, e mesmo sabendo que por muitas vezes elas não desaparecerão completamente, quem pratica mindfulness consegue evitar o exagero  das emoções negativas, como por exemplo os fracassos anteriores e expectativas futuras.

C) Melhora a criatividade.  Em muitas situações em que os candidatos tiveram problemas na vida deles a mente (consciência) costumava apresentar respostas, mas a cabeça confusa não conseguia ouvir.

VAMOS PRATICAR?

Você que é candidato e que se prepara para a prova ou para um concurso público pode aprender diversas  práticas de mindfulness. Neste momento vamos apresentar uma prática:

“Procure uma posição confortável –  fique sentado, deitado, ou em pé. Pare por 10 a 15 minutos do seu dia.

  1. Conscientize de todas as sensações associadas ao ar penetrando em seu corpo – pela narina, pela boca ou por ambas. Perceba a temperatura do ar (frio, por exemplo) e a qualidade do ar (úmido ou seco) que penetra em seu corpo.
  2. Observe o ar percorrendo pelo corpo, preenchendo pulmões expandido o abdômen.
  3. Fique atento a pequena pausa entre a inspiração e a expiração.
  4. Em seguida ao expirar, observe o abdômen descendo e o ar passando do abdômen para o tórax e o pescoço e, finalmente  saindo pelas narinas ou pela boca.
  5. Repita por alguns ciclos de inspiração e expiração, prestando atenção nas sensações do ar entrando e preenchendo o corpo, e depois sendo liberado, saindo do corpo.
  6. Para conseguir centrar-se e manter o foco, principalmente ao começar a explorar esta prática, talvez seja útil todos dizerem a si mesmo: inspirando, sei que estou inspirando. Expirando, sei que estou expirando.
  7. Tente não interferir na respiração, simplesmente permita-se respirar confortavelmente, com naturalidade. Conscientize-se da experiência, fluindo nas ondas da inspiração e da expiração.”
  (* Fontes que contribuíram para elaboração do texto: Livro(manual) Med Integrativa – Albert Einstein, ensinamentos em aula – Inst Isr Albert Einstein/sp/ Livro Mindfulness/Atenção Plena – Editora Fundamento)

Receba nossas novidades por e-mail

Autor(a): Professor Wallace Pinheiro

Especialista em Medicina Integrativa/Coach de Saúde e Bem-Estar

  • Era desconto que você queria, concurseiro? Fique atento! 😉 #BlackFridaydoPonto
  • Será que foi sorte todo esse percurso, concurseiro? 😂
  • Pra ficar esperto nas medidas de ângulos, concurseiro! 😉
  • Procurando materiais atualizados para o concurso do INSS? Achou! Você encontra cursos completos e atualizados com a nova previdência aqui: bitly.com/cursos_INSS
  • Também fica se perguntando como isso aconteceu, concurseiro? 😂
  • Pra fechar a prova de gramática, concurseiro! 😉
  • Alguém faz parte do 1%? 😂
  • Tem algum concurseiro dramático aí? 😂

Siga-nos no Instagram

Scroll Up