Como se manter motivado na demora dos grandes editais?

A época atual está um pouco complicada para quem estuda para concursos.

Os grandes certames há tempos são sendo ventilados, mas nunca saem!

É difícil ter paciência e se manter focado em um concurso sem perspectivas de publicação de edital.

Na minha longa experiência na área pública (desde 2005), digo que houve vários períodos assim. Esse é somente mais um, dentre tantos outros. Lembro muito bem do período entre 2008 e 2011. Isso é bem cíclico então.

Outra condicionante limitadora em nossas decisões é que geralmente os melhores concursos federais, com poucas exceções, saem todos juntos, dificultando as nossas escolhas.

Quem nunca passou pela situação de ficar estudando um grande período sem edital, e quando sai um bom concurso, vêm todos os demais juntos. Como estamos com uma demanda represada muito grande pelos principais órgãos, quando o governo liberar as autorizações, acredito que serão todas simultâneas.

Conforme minha experiência com estudos, já reparei que os editais dos principais concursos do Poder Executivo Federal, e que possuem maior número de vagas e mais gente focada, como Receita Federal, AFT, CGU, STN, MDIC, MPOG, BACEN, SUSEP e CVM saem no segundo e terceiro ano de mandato de um governo.

Sempre é assim: no primeiro ano e no 2º semestre do último ano de governo, os editais desaparecem. Nesse período, muitos concurseiros desistem de estudar. Eu digo a vocês que esse período sem concursos (como aconteceu no 2º semestre de 2010 e em 2011, e como vem acontecendo agora) define muitos dos futuros aprovados. Quem continua firme nesse período, e consegue consolidar as matérias da espinha dorsal da sua área foco, aproveita todos os editais parecidos quando eles saem todos juntos.

Como fazer então, professor?

Não desanime! É um momento muito difícil. Você vai ser cobrado de todos os lados. Muitos vão falar para você desistir! Que a máquina pública está inchada! Que os concursos vão acabar! Que o Brasil vai virar uma Grécia e que todos os servidores serão mandados embora! Que o país não consegue pagar esse monte de sanguessugas! Que você deve procurar emprego em vez de perder tempo estudando, e blá, blá, blá!

Não dê ouvidos! A maioria dessas pessoas está, na verdade, tentando te desanimar, porque está preocupadíssima com o fato de que você tem grandes chances de passar em um concurso top, e ela vai ficar na mesma! Existem 10 milhões de pessoas prestando concursos públicos hoje no país. Quase todo mundo que eu e você conhecemos quer ser servidor público dessas carreiras, porque elas são muito boas. Você trabalhará em uma atividade interessante, necessária ao país, com boa remuneração e estabilidade. Que mal há nisso?

Use essa tentativa de desestabilização como motivação! Internalize isso em força de estudo, porque nada disso que eu já ouvi inúmeras vezes vai acontecer. Sabe por quê? Porque as carreiras que eu citei acima são carreiras típicas de Estado, essenciais ao nosso país, e que sempre vão se manter no topo salarial, e sempre serão valorizadas pelo Governo!

Faça o seguinte: liste as matérias que formam a espinha dorsal da sua área-foco. Estude só elas. Decore a teoria e resolva inúmeros exercícios. Faça seus resumos e revise-os. Quando acabar, comece tudo de novo.

Quando você achar que estiver muito bem nas matérias básicas do seu foco, vai surgir uma vozinha do mal na sua cabeça (brincadeira, hein pessoal, rsss!) sugerindo que você estude TODAS as matérias do edital anterior do concurso no qual você está focado. Não dê ouvidos a essa maldade! Não estude matérias esporádicas, que entram e saem no seu concurso-foco. Não compensa. Eu fiz isso quando estudava para o AFRFB de 2009 e me dei mal! Estudei Informática, Direito Internacional, Economia etc. Quando saiu o edital de 2009, mudou tudo.

Quem estudava somente as matérias básicas se deu bem, porque quando saiu o edital, já dominava a espinha-dorsal, e precisou estudar somente os conteúdos novos, sem ter perdido tempo com assuntos que saíram do concurso.

Então, caro aluno, quando você acabar de estudar a espinha-dorsal, comece a revisá-la. Não estude matéria esporádica, ok?

Vou citar exemplos de espinha-dorsal das principais áreas de concursos:

Área de Controle, Gestão e Econômica:

Concursos principais: CGU/TCU, STN, MPOG, BACEN, CVM, SUSEP.

Espinha-Dorsal: português, inglês, administração pública/ciência política, raciocínio lógico, direito constitucional, direito administrativo, economia, auditoria governamental, afo e contabilidade pública.

Área Fiscal:

Concursos principais: Auditor e Analista da RFB, Auditor dos Estados e Municípios.

Espinha-Dorsal: português, inglês, raciocínio lógico, administração pública, direito administrativo/constitucional/tributário e contabilidade.

Se o seu foco for Receita Federal, acrescente direito previdenciário e comércio internacional.

Se o seu foco for Receita Estadual e Municipal, acrescente legislação tributária.

Analista e Técnico Administrativo de Tribunais e MP´s:

Concursos principais: TST e TRT´s, TSE e TRE´s, STJ, STF, MPU e TJDFT.

Espinha-Dorsal: português, inglês, informática, direito constitucional, direito administrativo, administração geral/pública e afo.

Se o seu foco for TRE, acrescente direito eleitoral.

Se o seu foco for TRT, acrescente direito do trabalho.

Analista e Técnico Administrativo de Agências Reguladoras e correlatos:

Concursos principais: ANATEL, ANP, ANEEL, ANTT, ANTAQ, ANVISA, ANAC, ANA, ANCINE, PREVIC, DNPM.

Espinha-Dorsal: português, inglês, raciocínio lógico, direito constitucional, direito administrativo, administração geral/pública e afo.

Área policial:

Concursos principais: Agente e Escrivão das Polícias Federal e Civil, Agente da Polícia Rodoviária Federal.

Espinha-Dorsal: português, inglês, informática, raciocínio-lógico, direito penal e processual penal, direito civil, contabilidade, economia e administração.

Quando sair o edital do seu concurso, você somente revisará essas matérias, conseguindo uma pontuação excelente nelas, e garantindo a aprovação com o estudo das matérias novas após a publicação do edital do concurso.

Não citei aqui outros grandes concursos como os das áreas fins das AGÊNCIAS REGULADORAS e da ABIN, AFT, IPEA, DIPLOMATA, SENADO E CÂMARA porque eles são bem peculiares, e envolvem conteúdos específicos. Já o concurso de ACE/MDIC é uma mistura das áreas Fiscal e Econômica, apesar do cargo fazer parte do Ciclo de Gestão Federal.

Os concursos vão sair, mais cedo ou mais tarde. Mesmo que entre um governo com viés de maior controle de gastos, as carreiras de estados não poderão ser relegadas a segundo plano, pois são essenciais na administração pública do país.

E há órgãos bem sucateados em termos de pessoal! A crise hoje é muito forte, mas ela vai passar, a economia voltará a crescer, e a normalidade voltará.

Por isso indico que você escolha a sua área, e foque nela, com calma, à longo prazo, sem desanimar. O estudo antecipado já é um passo para vencer o concorrente.

Um abraço.

Facebook: Técnicas de Preparação para Concursos Públicos

Instagram: @brunofracalossipaes

YouTube: Canal do Bruno Fracalossi

Ponto dos Concursos: Coaching Bruno Fracalossi

Bruno Fracalossi – Pioneiro no mercado de Coaching para Concursos no Brasil – Mais de 6 anos de atividades (desde 2012), e mais de 1.000 alunos treinados de forma individual.

Receba nossas novidades por e-mail

Autor(a): Professor Bruno Fracalossi

Bruno Fracalossi é Auditor Federal de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União, exercendo suas atividades na Corregedoria-Geral da União. Já foi Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil. Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Goiás e atualmente cursando Direito no IESB/DF. Pós-graduado em Gestão Pública com ênfase em Ciência Política e em Auditoria Financeira pela UNB/ISC-TCU. Autor do livro Guia Completo das Carreiras Públicas Federais pela editora Impetus. Coach com quase quatro anos de experiência, e com mais de 800 alunos treinados, sendo inúmeros já aprovados. Professional and Self Coach/Leader and Manager as a Coach/Analista Comportamental certificado pela Sociedade Latino Americana de Coaching (SLA Coaching) com reconhecimento da International Association Of Coaching. Membro da Sociedade Latino Americana de Coaching. Um dos pioneiros no mercado de Coaching para Concursos no Brasil.

  • Estude com o Ponto para o concurso do SLU/DF e tenha a melhor preparação! Confira nossos cursos: bit.ly/SLU_DF.
  • O Prof. Silvio Duarte preparou um curso com conhecimentos específicos para Agente de Inspeção Sanitária e Industrial de Produtos de Origem Animal do MAPA. Está se preparando para essa vaga? Garanta sua aprovação com o Ponto: bit.ly/curso_mapa
  • Não desista na primeira tentativa, as quedas são importantes para aprendermos e atingirmos nossas metas. 😉
  • Boa notícia para os concurseiros focados na área de Controle! O ministro da CGU confirmou o acerto de um novo concurso com o governo, provavelmente com autorização e publicação do edital até o final deste ano. Desde 2012 sem realizar concursos, o órgão oferece atualmente quase R$20.000,00 de salário inicial de carreira. Saiba mais no blog: bit.ly/artigo_cgu.
  • Às vezes, uma letra pode mudar totalmente o significado de palavras parecidas. Fique atento à grafia! 🤓
  • Nesta terça, 15/1, o Prof. Fabiano Pereira ensinará a Fórmula da Memorização Total em um aulão gratuito! Inscreva-se e anote na agenda para não se esquecer desse evento imperdível: bit.ly/Memorização_Total 😉
  • Terror e pânico quando o inimigo é o relógio. ⏰
  • Quer aprender a fórmula da memorização total? Nós te ajudamos! ;) Inscreva-se nos aulões gratuitos e fique mais próximo de gabaritar suas provas: http://bit.ly/aulões_memorização

Siga-nos no Instagram

Scroll Up