Foi publicada a convocação para a avaliação de título do Concurso Público do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Concurso IPHAN). Além disso, o prazo para interpor recurso contra o resultado da perícia médica dos candidatos com deficiência bem como do procedimento de heteroidentificação aos candidatos que se autodeclaram negros foi reaberto. Acesse a publicação aqui.

Sobre o Concurso IPHAN

Conforme o documento, são 411 oportunidades para cargos de nível médio e superior. O certame será organizado pelo Cespe. Acesse o edital aqui.

Os cargos contemplados são: Analista I (104 vagas), Técnico I (176 vagas), e por fim, Auxiliar Institucional I (131 vagas). Há reserva de 5% das vagas para pessoas portadores de deficiência. A remuneração é de R$ 3.419,97 para nível médio, enquanto que para nível superior, os ganhos são de R$ 5.035,29.

Os candidatos nomeados estarão subordinados conforme o Regime Jurídico Único dos Servidores Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais (Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e suas alterações).

As inscrições foram realizadas no período de 18 de junho a 9 de julho, no endereço eletrônico da organizadora. Conforme disponível no edital o valor da taxa foi de R$ 84,00 para os cargos de nível médio e R$ 117,00 para os cargos de nível superior.

Atribuição dos cargos

Auxiliar Institucional

Descrição: desenvolver atividades de nível intermediário de suporte às áreas administrativa e
finalística, que compreendam a execução de atividades rotineiras de cunho administrativo bem como logístico; dar suporte às atividades que compõem o ciclo de gestão documental; dar suporte à análise, diagnóstico e intervenção em bens culturais móveis; dar apoio às atividades técnicas relativas à elaboração e análise de projetos e orçamentos e fiscalização de obras; dar suporte às atividades de fiscalização; realizar atividades de conservação e manutenção dos jardins históricos sob a gestão do IPHAN; e por fim, outras atividades compatíveis com as atribuições profissionais e competências institucionais.

Analista I

Descrição: desenvolver atividades de nível superior, de complexidade e responsabilidade
elevadas que compreendam o assessoramento especializado voltado para a gestão dos processos relativos à salvaguarda, bem como à preservação do patrimônio cultural; acompanhar e se manifestar em processos relacionados a políticas intersetoriais e temáticas transversais ao patrimônio cultural; desenvolver e participar das atividades de articulação e mobilização social necessárias às ações institucionais; participar em conselhos representativos, comissões grupos e equipes de trabalho de interesse da administração; elaborar e analisar orçamentos; executar atividades de gestão administrativa, orçamentária e financeira; acompanhar e fiscalizar projetos e(ou) serviços; elaborar termos de referência, projetos e editais; fiscalizar contratos, convênios e instrumentos congêneres; e por fim, outras atividades compatíveis com as atribuições profissionais e competências.

Técnico I

Descrição: desenvolver atividades de nível superior, de complexidade e responsabilidade
elevadas, que compreendam elaborar estudos, análises, pareceres, laudos, notas, relatórios e avaliações técnicas para instrução e acompanhamento de processos relativos à salvaguarda e à preservação do patrimônio cultural; realizar vistorias, levantamentos, bem como avaliações de campo; acompanhar e se manifestar em processos relacionados a políticas intersetoriais e temáticas transversais ao patrimônio cultural; desenvolver e participar das atividades de articulação e mobilização social necessárias às ações institucionais; integrar conselhos representativos, comissões, grupos, bem como equipes de trabalho de interesse da administração; elaborar e analisar orçamentos; acompanhar e fiscalizar intervenções e(ou) serviços; realizar intervenções conservativas e (ou) restaurativas de bens culturais e acervos sob a gestão do Iphan;  fiscalizar contratos, convênios e instrumentos congêneres, e por fim, outras atividades compatíveis com as atribuições profissionais e competências institucionais.

Acesse as áreas ofertadas para cada cargo no edital.

 Provas do Concurso IPHAN

Os candidatos foram avaliados por provas objetivas e discursivas, de caráter classificatório e eliminatório. Além disso, houve provas de títulos para os candidatos de nível superior. A aplicação das provas objetivas aconteceu no dia 26 de agosto de 2018, conforme o cronograma.

Sobre o IPHAN

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura que responde pela preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. Cabe ao Iphan proteger e promover os bens culturais do País, assegurando sua permanência e usufruto para as gerações presentes e futuras.

O Iphan possui 27 Superintendências (uma em cada Unidade Federativa); 27 Escritórios Técnicos, a maioria deles localizados em cidades que são conjuntos urbanos tombados, as chamadas Cidades Históricas; e, ainda, cinco Unidades Especiais, sendo quatro delas no Rio de Janeiro: Centro Lucio CostaSítio Roberto Burle MarxPaço Imperial e Centro Nacional do Folclore e Cultura Popular; e, uma em Brasília, o Centro Nacional de Arqueologia.

O Iphan também responde pela conservação, salvaguarda e monitoramento dos bens culturais brasileiros inscritos na Lista do Patrimônio Mundial e na Lista o Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, conforme convenções da Unesco, respectivamente, a Convenção do Patrimônio Mundial de 1972 e a Convenção do Patrimônio Cultural Imaterial de 2003.

Acompanhe o andamento de outros concurso federais.

resumindo

  • Concurso: Concurso IPHAN.
  • Situação: edital divulgado.
  • Banca : Cebraspe.
  • Cargo:  Analista I, Técnico I Auxiliar Institucional I.
  • Número de vagas: 411.
  • Remuneração: Até R$ 5 mil.
  • Inscrições:  18 de junho a 16 de julho de 2018.
  • Taxa: R$ 84 ou R$ 117.
  • Data da prova : 26 de agosto de 2018.

 

 

 

Receba nossas novidades por e-mail

  • O momento mais esperado da vida! <3
  • Um assunto recorrente nas provas de Língua Portuguesa é o uso dos porquês. Tome nota e garanta mais uma questão! 😊
  • O que te impede de voar? Pense positivo e acredite que, com esforço, você é capaz de alcançar todos os seus objetivos!
  • Você sabe qual é a importância de manter um método de estudos durante sua preparação? Descubra no artigo do Prof. Bruno Fracalossi: bit.ly/artigo_estrategia
  • Como você está estudando hoje?
  • Aprenda todos os macetes para a prova de TI do cargo de Auditor Fiscal no concurso ISS Curitiba. ;) Inscreva-se no curso da Profa. Patrícia Quintão e comece a estudar agora: bit.ly/ISS_auditor_TI
  • O sono e o cansaço são os grandes inimigos de vários concurseiros. Entretanto, com alguns cuidados, fica mais fácil mantê-los longe e melhorar a qualidade do estudo. ;)
  • Garantir uma boa nota nas questões abertas pode ser o diferencial para a sua aprovação! Conheça os Cursos de Discursivas do Ponto e prepare-se com o melhor time: bit.ly/ponto_discursivas

Siga-nos no Instagram

Scroll Up