Os candidatos interessados já podem se inscrever no Concurso da Polícia Federal (Concurso PF 2018) a parir desta terça-feira, 19 de julho. A ficha de inscrição pode ser preenchida no endereço eletrônico da organizadora. O valor da taxa de inscrição foi fixada em R$ 250,00 para os cargos de Perito e Delegado; e por fim, R$ 180,00 para os demais cargos.

Sobre o Concurso PF 2018

O tão aguardado edital do concurso público da Polícia Federal (Concurso Polícia Federal) foi divulgado na última sexta-feira, 15 de junho. A oferta, conforme o documento, é de 500 oportunidades para cargos de nível  superior. Acesse o edital aqui.

O edital contempla os seguintes cargos:

  • Agente – 180 vagas;
  • Delegado – 150 vagas;
  • Escrivão – 80 vagas;
  • Perito – 60 vagas;
  • Papiloscopista – 30 vagas;

Conforme o edital, para concorrer ao cargo de Agente, Escrivão ou Papiloscopista é exigido nível superior em qualquer área de formação. De acordo com o edital a remuneração inicial é de R$ 11.439,86.

Já para o cargo específico de Delegado é exigido nível superior em Direito, bem como experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. No caso de Perito, a formação exigida varia conforme a área de atuação. A remuneração oferecida para ambos é de R$ 22 mil no início da carreira.

De acordo com o cronograma, as inscrições podem ser realizadas no período de 19 de junho a 2 de julho, no endereço eletrônico da organizadora. O valor da taxa de inscrição foi fixada em R$ 250,00 para os cargos de Perito e Delegado; e R$ 180,00 para os demais cargos.

Atribuição dos cargos – Concurso PF 2018

Agente: 

Investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada
a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações; executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica; e por fim, desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Delegado:

Instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações;supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

Perito:

Realizar exames periciais em locais de infração penal; realizar exames em instrumentos
utilizados, ou presumivelmente utilizados na prática de infrações penais; proceder pesquisas de interesse do serviço; coletar dados , bem como informações necessários à complementação dos exames periciais; participar da execução das medidas de segurança orgânica e zelar pelo cumprimento delas;e por fim, desempenhar outras atividades que visem apoiar técnica e administrativamente as metas da Instituição Policial, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Escrivão:

Dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando
os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; atuar nos procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais; responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos de apreensão; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; e por fim, desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar
outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Papiloscopista:

Executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os procedimentos de coleta, revelação,
levantamento e armazenamento de fragmentos e impressões papilares, exames e laudos oficiais papiloscópicos, representação facial humana; operação e gestão de bancos e sistemas automatizados de identificação civil e criminal; assistir à autoridade policial; desenvolver estudos na área de papiloscopia; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; e por fim, desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Teste seus conhecimentos com o Simulado Gratuito para o Concurso da PF!

Provas do Concurso PF 2018

Os candidatos, conforme o edital, serão avaliados por uma primeira etapa que visa a admissão à matrícula no Curso de Formação Profissional e abrangerá as seguintes fases, abaixo descritas:

A segunda etapa do concurso público, conforme informações do certame, consistirá de Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia, a ser realizado no Distrito Federal, podendo ser desenvolvidas atividades, a critério da Administração, em qualquer unidade da Federação.

A prova oral, aplicada para o cargo de Delegado será realizada apenas no Distrito Federal. As demais etapas, podem ser realizadas em todas as capitais do país, bem como no DF. As provas objetivas e discursivas serão aplicadas na data prevista de 19 de agosto de 2018

Apenas para o cargo de Delegado, a prova objetiva terá a duração de 4 horas e será aplicada na data provável de 19 de agosto de 2018, no turno da manhã. Enquanto que, a prova discursiva terá a duração de 4 horas e será aplicada na mesma data, no turno da tarde.

Último Concurso PF 2018

As últimas seleções da Polícia Federal foram em realizadas em 2011 e 2014, ambas organizadas pelo Cespe.

Em março de 2014, a seleção foi  para Agente Polícia Federal. A oferta foi de 600 vagas, de acordo com o documento de abertura. As provas aconteceram em dezembro de 2014. Veja AQUI o edital.

Em dezembro de 2011, conforme o edital, foram ofertadas 1.200 vagas, com a seguinte distribuição: 150 vagas para Delegado Polícia Federal; 100 vagas para Perito Criminal Federal; 500 vagas para Agente Polícia Federal; 100 vagas para Papiloscopista Polícia Federal; e por fim, 350 vagas pra Escrivão Polícia Federal. Veja AQUI o edital.

  • Concurso: Polícia Federal.
  • Situação: edital divulgado.
  • Vagas: 500.
  • Cargos: Agente, Delegado, Perito e Papiloscopista.
  • Banca:  Cespe.
  • Remuneração: De R$ 11 mil a R$ 22 mil.
  • Inscrições: 19 de junho a 02 de julho de 2018.
  • Taxa: R$180 ou R$250.
  • Data da prova: 19 de agosto.

Comece já seus estudos para o Concurso da PF! Conheça nossos cursos.

 

 

Receba nossas novidades por e-mail

  • Autoconfiança e cabeça erguida sempre!
  • Revisão importante para quem vai fazer a prova da SEFAZ/GO: bit.ly/artigo_acidentegoias
  • Está começando AGORA o aulão de Revisão de TI para SEFAZ/GO! Não perca as dicas da Prof. Patrícia Quintão: bit.ly/Aulão_SEFAZ-GO
  • O edital do MP/SP está ABERTO, concurseiro! Confira os cursos do Ponto e inscreva-se para direcionar seus estudos: bit.ly/cursos_MPSP
  • “Através de” e “por meio de” não são sinônimos! Veja uma dica rápida para evitar erros. 😉
  • Haja adrenalina para manter os olhos do concurseiro abertos! 😂
  • O concurso da CLDF está chegando e o Prof. Júlio Ponte preparou uma revisão que pode fazer a diferença na prova. Confira: bit.ly/artigo_regCLDF
  • Está ABERTO o edital do MP/PI, concurseiro! Inscreva-se nos cursos do Ponto e comece a sua preparação com antecedência: http://bit.ly/cursos_MPPI

Siga-nos no Instagram

Scroll Up