Prezados alunos, foi publicado o gabarito da prova do STM ocorrida em 04 de março de 2018.

Passo por aqui para mostrar a minha correção das questões de administração para o cargo de técnico judiciário – área administrativa (cargo 9). Apontei também os possíveis recursos.

Como esperado, a prova teve foco em Planejamento, Gestão Pública, Estrutura e Processos. Fiquei contente porque o meu curso aqui no Ponto estava bem alinhado à prova. Quem estudou conosco não teve dificuldade nessa matéria. Na verdade, o nosso curso estava um pouco mais além do que foi cobrado em prova, quem fez o nosso simulado final resolveu rapidamente a prova.

Prof. Sandro Monteiro

www.facebook.com/MsCSandroMonteiro

(curta a página para acompanhar mais dicas de estudo).

=============================================

Prova: http://www.cespe.unb.br/concursos/STM_17_ANALISTA_TECNICO/arquivos/375_STM_009_01.PDF

A respeito da reforma do Estado, da excelência na gestão dos serviços públicos e das diferenças entre a gestão pública e a gestão privada, julgue os seguintes itens.

71 A participação social da população beneficiária na formulação, no acompanhamento, na avaliação e no controle dos serviços sociais diretos, prestados pelo Estado, constitui prática de excelência na gestão de serviços públicos.

Gabarito: Certo

Comentários: Aqui a banca trouxe o ciclo completo da política pública, exceto a execução – formulação, acompanhamento, avaliação e controle. Fala também dos serviços sociais diretamente prestados pelo Estado – o que é uma imprecisão, os serviços públicos que são prestados pelo setor privado, em regime de concessão e autorização, também estão sujeitos a mesma participação social na cobrança por qualidade. Porém, tais imprecisões não eram suficientes para invalidar a questão.

72 A corrupção e o nepotismo são fenômenos típicos da administração pública patrimonialista.

Gabarito: Certo

Comentários: Embora essas duas situações ocorram também na Administração Burocrata e na Administração Gerencial, os fenômenos são mais visíveis dentro do Patrimonialismo, onde não há distinção clara entre o pessoal e o estatal.

73 Por conta da emergência de órgãos de responsabilidade social corporativa nas empresas privadas, estas passaram a ter como principal objetivo atender aos interesses coletivos da sociedade como um todo, principalmente em suas áreas de influência.

Gabarito: Errado.

Comentários: Vimos em nossas aulas que a distinção entre a gestão privada e a gestão pública é, entre outros, a finalidade. A gestão pública tem como finalidade, em tese, o interesse coletivo, o desenvolvimento da sociedade como um todo; por outro lado, a gestão privada tem como foco o ganho, o lucro, a obtenção de rendas. A responsabilidade social corporativa, tão em voga, não afasta esse principal objetivo.

Julgue os itens a seguir, referentes à gestão de pessoas no setor público e aos múltiplos aspectos a ela relacionados.

74 A cultura organizacional de organizações públicas brasileiras se caracteriza pela valorização da estabilidade das estruturas e, em consequência, pela aversão ao uso de novas tecnologias.

Gabarito: Certo.

Comentários: Essa é uma característica marcante da administração pública brasileira, e de todas burocracias em geral. A estabilidade é essencial para possibilitar um melhor controle, e a complexidade do ambiente não favorece mudanças bruscas, já que o risco é grande.

Por outro lado, a aversão ao uso de novas técnicas e tecnologias vem sendo superada, e talvez aqui um ponto possível de recursos. Basta ver a iniciativa do Governo Eletrônico (https://www.governoeletronico.gov.br). De toda a forma, realmente é sempre muito difícil qualquer mudança dessa natureza, a burocracia é muito reativa às mudanças, prefere a estabilidade.

75 Uma das etapas da gestão por competências é o mapeamento de competências, que permite identificar lacunas existentes entre as competências necessárias e disponíveis na organização em questão.

Gabarito: Certo

Comentários: A definição é exata. É o chamado “gap de competências”. Vide documento do CNJ: http://www.cnj.jus.br/files/conteudo/arquivo/2016/07/c9ec89148e4d75a841a660d37303ddae.pdf

76 Abordagens teóricas de liderança que se baseiam em traços de personalidade têm a ver com as características de personalidade dos liderados que podem ser usadas para melhorar o clima organizacional.

Gabarito: Errado

Comentários: Estava certo até “personalidade dos liderados”. Essa teoria traz abordagem sobre a “personalidade do líder”, e não está relacionada ao clima organizacional, e sim às ações da liderança perante à distribuição de atividades dentro do grupo.

77 O recrutamento externo privilegia os atuais funcionários de uma organização que pretendem mudar de área de trabalho ou ocupação, processo que geralmente ocorre quando um funcionário da sede opta por trabalhar em uma organização subsidiária.

Gabarito: Errado

Comentários: O recrutamento externo DESVALORIZA os atuais funcionários. A assertiva menciona um recrutamento interno, isto é, quando um funcionário muda de posto dentro da mesma instituição.

78 Embora inovador e flexível, o ensino a distância não tem sido usado para a contínua formação de servidores públicos, uma vez que toda comunicação oficial se norteia pelo princípio da formalidade.

Gabarito: Errado

Comentários: É inovador e flexível, de fato. Mas, vimos em aula que o Ensino à Distância tem crescido dentro da administração pública, aliás há diversas iniciativas. A maioria dos órgãos públicos vem induzindo os servidores a iniciarem eventos de capitação pelo computador, online, pois isso permite que o servidor continue no seu posto de trabalho, sem ausência prolongada.

79 Servidores públicos celetistas, contratados com base em regime trabalhista e ocupantes de cargo público, não são obrigados a seguir as normas constitucionais referentes à administração pública.

Gabarito: Errado

Comentários: Estava fácil. Embora o servidor estatutário (aquele que concorda, ao tomar posse, seguir a Lei nº 8.112/1990), o funcionário público (o contratado pela CLT) não é menos obrigado a seguir o princípio constitucional da legalidade.

A respeito de gestão organizacional, julgue os próximos itens.

80 Balancedscorecard é um sistema de medição de desempenho que se baseia em quatro perspectivas de análise complementares: finanças, processos internos, clientes, e aprendizado e inovações (ou crescimento).

Gabarito: Certo (cabe recurso)

Comentários: Não é bem assim. São quatro perspectivas complementares (uma auxilia a outra, numa cadeia de efeitos), mas BSC não é exatamente um sistema de medição de desempenho. Ele contém um sistema de medição, mas não é definido como tal.  É controverso

Segundo Kaplan e Norton, criados do método: “O Balanced Scorecard traduz a missão e a estratégia em objetivos e medidas, organizados segundo quatro perspectivas diferentes: financeira, do cliente, dos processos internos e do aprendizado e crescimento. O ‘scorecard’ cria uma estrutura, uma linguagem, para comunicar a missão e a estratégia, e utiliza indicadores para informar os funcionários sobre os vetores do sucesso atual e futuro. Ao articularem os resultados desejados pela empresa com os vetores desses resultados, os executivos esperam canalizar as energias, as habilidades e os conhecimentos específicos das pessoas na empresa inteira, para alcançar as metas de longo prazo.” (1997).

Porém, o próprio Kaplan, em uma entrevista publicada em 2004 na revista Measuring Business Excellence, definiu o BSC de outra maneira: “trata-se de um sistema de mensuração de desempenho empresarial que complementa as medições financeiras tradicionais com avaliações sobre o cliente, determina os processos internos que devem ser aprimorados e analisa as possibilidades de aprendizado e de crescimento. Também identifica investimentos em recursos humanos, sistema e capacitação que poderão influir positivamente nas atividades da empresa.” (HSMManagement Update 14- HSM Management 46, 2004a)

Então, na dúvida, creio que cabe recurso.

81 A opção pela departamentalização acarreta aumento do número de órgãos especializados, no mesmo nível hierárquico, no âmbito das organizações, e, em consequência disso, ocorre um crescimento horizontal do organograma da organização em questão.

Gabarito: Certo

Comentários: A definição está alinhada à doutrina.

A departamentalização trata da divisão do trabalho, ou seja, da especialização das atividades por meio de órgãos internos, os chamados departamentos. Quando mais departamentos, mais órgãos internos no mesmo nível hierárquico, tornando-se a estrutura mais larga no sentido horizontal do organograma. Veja exemplo em: https://media.licdn.com/mpr/mpr/AAEAAQAAAAAAAAeCAAAAJGEwNDVkMDFkLTdhNzQtNDJmNy05ODRhLTFiZDBhMmNlNGRmNA.png

Entretanto, esse termo “horizontal” na questão, acaba por confundir. A departamentalização não significa necessariamente uma horizontalização do organograma, ao contrário, a depender do tipo de departamentalização pode ocorrer uma verticalização (como vimos em aula).

82 O planejamento estratégico é uma forma de planejamento com foco no curto prazo e que prioriza temas de maior relevância no âmbito das organizações.

Gabarito: Errado

Comentários: O foco é no longo prazo. Estava em nossa aula o seguinte quadro: http://images.slideplayer.com.br/33/10219752/slides/slide_4.jpg

83 A análise que fundamenta um processo de planejamento estratégico tem como foco somente o ambiente interno da organização, de forma a maximizar as potencialidades já existentes nessa organização.

Gabarito: Errado

Comentários: Sempre que você ler “sempre”, desconfie. O planejamento estratégico tem como finalidade preparar a empresa para uma condição futura, e essa condição futura tem relação com o ambiente externo, ou seja, como o mundo que cerca a empresa (a política do governo, os consumidores, os concorrentes, os fornecedores, a tecnologia que muda etc.).

84 Resultados pretendidos são aqueles caracterizados por sua intencionalidade e podem ser traduzidos, do ponto de vista estratégico, em uma série de metas.

Gabarito: Certo (cabe recurso).

Comentários: Os resultados pretendidos em um Plano são os OBJETIVOS, isto é, onde se quer chegar, e são de fato intencionais. O nível de alcance desses objetivos é medido por um sistema de indicadores ou um conjunto de métricas. Para essas métricas, estabelecemos metas, isto é, um patamar de sucesso.

Então, num posto de vista mais leigo, a questão estaria correta. Porém, contém uma imprecisão.

85 A metodologia SWOT é uma ferramenta de análise comumente utilizada em processos de planejamento estratégico que permite analisar, de forma complementar, cenários internos e externos de uma dada organização.

Gabarito: Certo (cabe recurso)

Comentários: Errado. O SWOT é uma ferramenta de diagnóstico, usada no planejamento para estruturar uma análise do AMBIENTE INTERNO e do AMBIENTE EXTERNO (https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/a3/SWOT.png) . Não é um ferramental de análise de cenários (a definição de cenário e as ferramentas para essa análise estão no nosso curso).

Com relação a mapeamento de processos, indicadores de processo e monitoramento de projetos, julgue os itens subsecutivos.

86 Indicadores de processo têm como foco a mensuração da eficácia ou efetividade de um dado projeto, programa ou política pública.

Gabarito: Errado

Comentários: O erro está em citar “efetividade”. O indicador de processo traduz sim a dimensão de eficácia, ou seja, se uma peça foi entregue no tempo requisitado. A efetividade, por outro lado, tem relação com a satisfação do cliente com a peça, o indicador de processo não mostra isso. O mais correto seria substituir efetividade por eficiência, por exemplo, quantas peças foram produzidas em determinado tempo.

Contudo, se ampliarmos a visão sobre processo dentro da gestão pública, até poderia estar certa. Porém, parece-me que a questão trata dos processos organizacionais.

87 O monitoramento de projetos é uma atividade conduzida durante a execução do projeto; por isso, não se discute tal monitoramento na fase de planejamento, simplesmente porque não há execução durante o planejamento.

Gabarito: Errado

Comentários: Esta questão trata do ciclo de vida de um projeto. Vimos em aula esta figura: https://carledwinj.files.wordpress.com/2013/03/fases_do_ciclo_de_vida_dos_projetos_estruturantes.png

Logo, o planejamento é algo constante dentro da vida de um projeto, embora a quantidade de horas gasta com isso reduza-se com o andamento do projeto. Há sim planejamento também durante a execução.

88 Mapeamento de processos é uma técnica utilizada para se entender como atividades existentes dentro de um mesmo processo se relacionam, permitindo a identificação das diferentes atividades que compõem o processo, assim como sua sequência.

Gabarito: Certo

Comentários: Isso mesmo. Um conjunto de atividade compõe um processo, assim como a sua sequência (etapas interligadas). Em nossas aulas vimos a seguinte figura: http://4.bp.blogspot.com/_OXFpeZLkoRc/S4R6slzLdXI/AAAAAAAAABw/FJnP94rtw8c/w1200-h630-p-k-no-nu/hierarquia+de+processos.JPG

Julgue os próximos itens, relativos ao processo racional de solução de problemas e a tipos de decisões.

89 Decisões do tipo não programadas, também chamadas de problemas intratáveis, devem ser deixadas a cargo de subordinados, uma vez que a liderança organizacional não dispõe de tempo necessário para a solução desse tipo de problema.

Gabarito: Errado

Comentários: Estava fácil essa, vimos na nossa aula demonstrativa. As decisões não programadas são aquelas decorrentes de situações ainda não experimentadas pelo departamento. Não é recomendável delegar aos subordinados esse tipo de decisão.

90 Processos de tomada de decisão racional são sempre limitados, entre outros fatores, pela capacidade cognitiva do tomador de decisão em questão.

Gabarito: Certo

Comentários: Também estava em nossa aula demonstrativa. Trata da Racionalidade Limitada. Parte do princípio que o ser humano, ao tomar decisões, é limitado por uma série de condições, como, por exemplo, a sua própria visão da situação e das consequências de cada decisão. A capacidade cognitiva também é um limitador, pois, nem sempre um decisor é capaz de entender a profundidade das situações em debate, ou nem sempre ele não é capaz de processar toda a gama de informações necessária a uma decisão satisfatória.

Abraços!

Professor Sandro Monteiro.

Receba nossas novidades por e-mail

Autor(a): Professor Sandro Monteiro

Sandro Monteiro formou-se em engenharia elétrica há 15 anos (2000). Possui o título de Especialista em Gestão Pública pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) e de Mestre em Energia pela Universidade de São Paulo (USP) desde 2007, onde estudou com ênfase a questão da regulação dos serviços públicos. Atuou por mais de 10 anos como gestor no setor de telecomunicações, como gerente comercial em multinacional. Desde 2011 é servidor público federal, em Brasília, lidando diariamente com o tema da regulação, políticas públicas e planejamento governamental. Trabalhou por quatro anos no Ministério de Minas e Energia (MME), sendo membro constante da Sala de Situação do PAC Energia. Palestrante, foi também professor de faculdade particular e teve vários artigos publicados em seminários e congressos especializados. Foi aprovado em vários concursos públicos, incluindo Analista de Infraestrutura do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão; Analista Legislativo da Câmara dos Deputados; Especialista em Regulação da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), onde está atualmente. É detentor do cargo de Especialista em Regulação. No Ponto dos Concursos, é professor do Ponto Discursivas, atua também Ponto Recursos, e ministra aulas em PDF de Regulação Econômica (foco em Serviços Públicos e Microeconomia), Gestão e Administração Pública, Gestão Estratégica (Planejamento, Processos e Projetos), Políticas Públicas, Controle Externo, Ciência Política e Direito Econômico. No Ponto Recursos, em julho de 2016, no concurso da ANAC, banca ESAF, teve todos os recursos acatados pela banca. Um dos alunos obteve mais 14 pontos, em um máximo de 50 pontos de pontuação na prova.

  • Quer saber tudo sobre as bancas CESPE e Esaf? O Prof. Bruno Fracalossi explica aqui bit.ly/cespe_esaf
  • E-book gratuito com dicas dos nossos professores especialistas para a prova da PF. Baixe e saia na frente nos estudos! 😉 bit.ly/dicas_PF
  • Vai prestar o concurso do INSS? O Prof. Moisés Moreira tem algumas dicas para você, concurseiro! Confira no blog:⠀
bit.ly/artigo_INSSdicas ⠀
  • Atenção, concurseiro! O Prof. Igor Oliveira está online AGORA para te dar um conselho imperdível. Acompanhe aqui: bit.ly/mentoria_gratuita
  • Nada melhor do que estar preparado para evitar as armadilhas, concurseiro!
  • Leonardo é um dos concurseiros que estudou com o material do Ponto e alcançou a aprovação. Confira o depoimento: bit.ly/entrevista_leonardo
  • Quebrando a cabeça com Direito Constitucional, concurseiro? Facilite os seus estudos com os resumos descomplicados da Livraria do Ponto! http://bit.ly/livro_resumo
  • A persistência é a chave para entender qualquer matéria, concurseiro!

Siga-nos no Instagram

Scroll Up