O tempo todo queremos estar no controle sobre tudo o que ocorre em nossas vidas. Estabelecemos padrões elevados, com base em fórmulas prontas, geralmente idealizadas por terceiros, e nos frustramos quando não atingimos esses ideais.

Queremos ter a certeza de que, ao estudar quatro horas por dia, durante um ano e meio, passaremos no concurso de nossos sonhos. Quando precisamos ir a um médico ou tratar de assuntos que tiram a atenção de nosso planejamento, batemos o pé no chão, indignados com a falta de sorte. Muitos desistem ou, no desespero, tentam dar um boot na vida, no planejamento, como se iniciar novamente fosse a garantia de uma nova trajetória perfeita.

Ideais e controles são úteis, mas podem gerar uma ansiedade desmedida na obsessão por atingi-los. Por quê? A vida é caótica e não obedece a uma equação matemática. Eventos inesperados que nos tiram do rumo acontecem o tempo todo. O sucesso de longe é uma linha reta. Há dias bons e ruins em todas as trajetórias vitoriosas. Vencedores tem de diferente a capacidade de ignorar os dias ruins e focar no simples fato de continuar caminhando.

A verdade é que não temos o controle sobre tudo que acontece e depositar todas as nossas fichas em fatos mutáveis é a certeza de que ficaremos ansiosos.

Quando comecei a estudar para concurso público, ficava preocupado quando terminaria os materiais, se minhas horas diárias de estudo eram suficientes ou quando seria aprovado e em quê. Essa postura me deixava ansioso, pois havia estabelecido ideais que fugiam ao meu controle.

O mesmo aconteceu quando comecei a escrever. Ficava preocupado se seria reconhecido ou se meus textos seriam lidos. Em todas essas situações, eu desviei meu foco para condutas que estavam totalmente sob meu controle e, acreditem, a ansiedade reduziu quase a zero!

Ao invés de focar em terminar os materiais ou tentar adivinhar quando passaria, eu foquei na qualidade do meu estudo e em me tornar uma pessoa mais disciplinada. A qualidade e a disciplina, naquele momento, era algo que dependia apenas de mim. Talvez você não tenha controle total sobre suas horas de estudo. No entanto, independentemente daquilo que possa acontecer, você pode, nas horas que tem, estudar. E com qualidade.

Você não vai saber exatamente quando vai passar. Você não tem o controle sobre os outros candidatos, quando o edital será lançado ou o dia exato em que será proficiente em direito, contabilidade ou matemática. Mas está ao seu alcance aperfeiçoar suas habilidades de concentração e disciplina. Isso é imutável e certamente deixará você um pouco mais próximo da vitória.

Receba nossas novidades por e-mail

Autor(a): Professor Igor Oliveira

Igor Oliveira é servidor público federal, Analista Técnico da SUSEP. Foi oficial fuzileiro naval e piloto de helicóptero na Marinha do Brasil. Igor faz parte da equipe da coordenação do Ponto dos Concursos.

  • Tem algum concurseiro sonhando com uma aprovação em Brasília? 😉
  • Evite ações que prejudicam o seu rendimento, concurseiro. 😉
  • A gente fica como mesmo? 😂
  • Ser concurseiro não é uma tarefa fácil, mas é possível conciliar o seu bem-estar com esse estilo de vida. O Prof. Wallace Pinheiro preparou um artigo com práticas para melhorar a sua rotina. Confira: bit.ly/artigo_estilodevida
  • Nada é impossível quando temos determinação para alcançar nossos objetivos. 👊🏽
  • Atenção, concurseiro! Está aberto o prazo recursal da AGU para todos os cargos. Nossos professores especialistas estão prontos apara te ajudar a escrever o melhor argumento. Garanta seu recurso aqui: bit.ly/ponto_recurso
  • Às vezes, o dia a dia nos prega algumas peças. Por isso, é preciso estar atento à pronúncia e escrita de algumas palavras. 😉
  • Todo mundo já jogou esse jogo. 🙄

Siga-nos no Instagram

Scroll Up