Hoje vamos conhecer a linda história do Jacintho Serra Pacheco, aprovado para o cargo de Analista Judiciário – Área Administrativa do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. Graduado em Processos Gerenciais (Politécnico) e Administração (Bacharel), e pós graduado em Direito Constitucional e Direito Eleitoral. Ele sempre foi muito batalhador e decidiu que seria por meio de um cargo público que ele conseguiria alcançar a estabilidade desejada em sua vida profissional. Jacintho fez a Turma Elite específica para o cargo AJAA e teve um excelente resultado. Confira abaixo a entrevista completa.

Ponto: Como começou sua vida de concurseiro?

Jacintho: A vida de concurseiro começou há 10 anos. Sempre tive vontade de ter um emprego que me oferecesse estabilidade e  uma remuneração digna para ajudar a minha família. Antes de entrar no serviço público, trabalhava de frentista em um posto de gasolina na cidade de Maricá/RJ. Sempre trabalhei muito, fui vendedor ambulante, feirante, servente em construção civil, marcenaria, peixaria… fiz de tudo. Não desmereço nenhum dos trabalhos, sou grato a todos, mas dentro de mim sempre achava que eu poderia conseguir algo melhor. Nunca fui inteligente, mas tinha muita vontade de vencer nos concursos. No começo, não via meu nome aparecer nas listas dos aprovados. Sempre achei que, se eu me empenhasse e não saísse do foco, as vitórias chegariam.

Ponto: Poderia falar um pouquinho sobre o que achou da Turma Elite? Qual metodologia que você utilizava antes de conhecer o projeto? 

Jacintho: A Turma Elite ajuda você a se manter focado, estudando e cumprindo metas diárias. Isso foi importantíssimo para mim, pois quem trabalha sabe que nenhum tempo pode ser desperdiçado na preparação. A Turma Elite te direciona para o indispensável, aquilo que vc não pode deixar de conhecer para fazer excelente prova. Material extremamente focado e professores competentes. Antes de conhecer a Turma Elite, tinha muita dificuldade em planejar o meu estudo, saindo constantemente das metas diárias, e isso faz você perder o precioso tempo.

Ponto: Como a Turma Elite te ajudou nesse excelente resultado? O que você mais gostou no curso?

Jacintho: A Turma Elite me ajudou muito, contribuiu para que eu mantivesse a disciplina por meio do cumprimento das metas diárias e direcionamento dos meus estudos para o que realmente importa. Como antes do curso eu já tinha um bom conhecimento das matérias, a Turma Elite foi a ajuda que estava faltando para me colocar numa posição de nomeação. Como não sou muito organizado, ter um curso para planejar meus estudos diários foi fundamental! A sensação de cumprir as metas diárias é inexplicável!

Ponto: Como você planejou o seu tempo para conseguir bater as metas da Turma Elite? Como foi o seu desempenho nos simulados?

Jacintho: Eu estudava 3 horas na parte da manhã e um pouco mais à noite. Não estudava menos de 6 horas líquidas por dia. Sempre batia as metas e ainda estudava aquelas matérias que achava que tinha mais dificuldades. Quando estava cansado, mas sem sono, colocava videoaulas de correção de exercícios da banca. Estava sempre entre os primeiros nos simulados. Essa ferramenta é sensacional para saber sua evolução nos estudos.

Ponto: Você indica a Turma de Elite aos demais estudantes?

Jacintho: Eu indico a Turma Elite principalmente para quem já tem uma base de estudos das matérias, pois com o material extremamente focado no que mais importa, a sua preparação nos 3 meses anteriores da prova será alavancada. O material é muito bom e os professores excelentes. Conhecem a banca e foca naquilo que mais importa. O Fórum de dúvidas é prontamente atendido pelos mesmos.

Ponto: Qual mensagem você gostaria de deixar para os colegas que continuam em busca da aprovação em um concurso público?

Jacintho: Nunca deixe de estudar e acredite que você é capaz. Entrei no meu primeiro emprego público em 2010 (PSA – INFRAERO), mas sempre quis ser servidor do TRE. Em 2012, fiz o concurso para Técnico Judiciário, onde fiquei na posição 46, sendo nomeado em 2014. Foi a realização de um sonho! Já em 2012 comecei minha faculdade para concorrer ao concurso de Analista do TRE-RJ. No mesmo ano de término da faculdade, veio a tão sonhada prova do TRE-RJ. Fiz uma boa prova, ficando na posição 14 para AJAA. Mas não tem só vitórias na caminhada, posso dizer que reprovei muito mais do que passei. A perseverança me fez alcançar meus resultados. A vida do concurseiro não é fácil, exige renuncia, resiliência e muita vontade de vencer. Essa vitória dedico a minha mãe, Dulcinéa Guedes Serra Pacheco; meus irmãos, Guilherme e Danielle; minha querida esposa, Angélica de Fátima Freire; e minhas cunhadas, Andréia e Adriana.

Receba nossas novidades por e-mail

  • Está começando AGORA o aulão de Revisão de TI para SEFAZ/GO! Não perca as dicas da Prof. Patrícia Quintão: bit.ly/Aulão_SEFAZ-GO
  • O edital do MP/SP está ABERTO, concurseiro! Confira os cursos do Ponto e inscreva-se para direcionar seus estudos: bit.ly/cursos_MPSP
  • “Através de” e “por meio de” não são sinônimos! Veja uma dica rápida para evitar erros. 😉
  • Haja adrenalina para manter os olhos do concurseiro abertos! 😂
  • O concurso da CLDF está chegando e o Prof. Júlio Ponte preparou uma revisão que pode fazer a diferença na prova. Confira: bit.ly/artigo_regCLDF
  • Está ABERTO o edital do MP/PI, concurseiro! Inscreva-se nos cursos do Ponto e comece a sua preparação com antecedência: http://bit.ly/cursos_MPPI
  • É normal ter dificuldade para começar, o que não vale é desistir! 💪
  • O Inglês tem palavras com pronúncia e grafia semelhantes, mas que podem causar confusão. Tome nota!

Siga-nos no Instagram

Scroll Up