Hoje vamos conhecer a história de Marcos Samuel de Oliveira Pinto. Natural de Jaguaruana /CE, desde os 16 anos trabalhou na empresa da família, mas em 2017 resolveu mudar de vida por meio de seus estudos. Com o auxílio de nossos Descomplicados e da Turma Elite, Marcos teve sua primeira aprovação no concurso do TRF 5, ficando em 11º lugar na subseção do Ceará. Ele manteve o foco e em 2018 conseguiu mais um excelente resultado, foi aprovado em 16º lugar no concurso para Técnico do MPU no Rio Grande do Sul – 154º na lista nacional entre 164.000 concorrentes. Marcos já foi convocado e está trabalhando no MPU. Confira abaixo a entrevista completa.

Ponto: Como foi sua decisão de estudar para concursos?

Marcos: Eu decidi estudar de verdade em maio de 2017. Sempre trabalhei na empresa da minha família, mas não me sentia realizado. A crise financeira do país me levou a decidir ter o objetivo de passar em um concurso público, além de querer adquirir independência e estabilidade financeira e poder realizar alguns sonhos. O que também me ajudou a persistir nos estudos foi um período de muitas dificuldades na vida pessoal, então me manter focado era uma forma de ficar distante dessa realidade, e mesmo diante de tantos desafios, com um grande objetivo.

Ponto: Qual metodologia que você utilizava antes de conhecer o projeto? O que você achou da Turma Elite?

Marcos: Antes de conhecer a Turma Elite eu já perambulava nos concursos, usando PDFs extensos que eu não conseguia cobrir, pois não sabia me organizar, ou usando videoaulas, que eram tantas que eu desanimava só em ver a quantidade que faltava para concluir o edital. Resumindo, eu não estudava da forma correta, apenas me enganava. Em maio de 2017 descobri a Turma Elite, com metas definidas, e-mails diários, revisões, exercícios. Era exatamente o que me faltava: estudar de forma organizada e planejada. Seguindo o cronograma da Turma Elite eu aprendi a estudar e o mais importante: aprendi os conteúdos que temia ou desconhecia. Primeiro fiz a Turma Elite para o MPU e depois para o TRF-5.

Ponto: O que você mais gostou no curso?

Marcos: Definitivamente o que mais gostei foi aprender a me organizar. Mas não posso deixar de citar que os PDFs eram muito objetivos. Outro detalhe importantíssimo eram os e-mails que o Prof. Igor Oliveira enviava. Teve uma frase que me marcou: você já sabe o que acontece quando desiste, então agora continue para ver onde vai chegar.

Ponto: Como você planejou o seu tempo para conseguir bater as metas da Turma Elite? Como foi o seu desempenho nos simulados?

Marcos: Não vou dizer que foi fácil, mas consegui. Apesar de trabalhar em horários adversos e imprevisíveis, típico de quem trabalha em empresa familiar, eu procurava manter a minha rotina. Acordava cedo e estudava das 5h30 às 7h, também na hora do almoço e à noite até por volta de 23h. Gastava entre 4 e 5 horas por dia, pois tentava ler sem pressa, para entender. Eu percebi que estava realmente aprendendo quando veio o primeiro simulado e tive 78 pontos líquidos, o que já era meu melhor resultado no método Cespe. Depois, continuei aprofundando os assuntos e fazendo mais questões, então meu índice subiu para 85-90% líquido de acertos.

Ponto: Você indica a Turma de Elite aos demais estudantes?

Marcos: Sim, sempre recomendo e digo a todos que a Turma Elite e foi realmente um diferencial na minha preparação. Com a Turma Elite consegui, em 1 ano e meio, aprovação em dois concursos federais – TRF-5 em 2017 e MPU em 2018, órgão onde estou trabalhando atualmente como Técnico Administrativo, sendo convocado na primeira chamada de nomeados em 24 de dezembro de 2018, um dia realmente inesquecível.

Ponto: Qual mensagem você gostaria de deixar para os colegas que continuam em busca da aprovação em um concurso público?

Marcos: Não desistam! Se você acreditar você vai conseguir! Claro que isso é clichê, mas é verdade. Não deixe que pessoas apaguem seu sonho, nem mesmo pessoas próximas a você. Persiga os seus objetivos e não se prenda no que os outros desejam para a sua vida. Se você, assim como eu, começou a trabalhar desde cedo, ainda não tem graduação e vive ouvindo que nos concursos de nível médio só passa quem já tem um nível superior porque a concorrência é alta, não ligue para isso. Eu tenho apenas o ensino médio e passei na frente de muitas pessoas graduadas, então se eu consegui você também conseguirá. E quando você estiver, assim como eu, trabalhando em um excelente órgão, você terá tempo e tranquilidade para fazer uma graduação com qualidade.

Receba nossas novidades por e-mail

  • É hora de se preparar para conquistar a sua vaga na Polícia Civil do Distrito Federal, concurseiro! Participe dos aulões gratuitos do Ponto. Confira as datas: bit.ly/aulao_PCDF
  • A Polícia Civil do Distrito Federal publicou seu edital e haverá 300 vagas para escrivão. Comece a se preparar desde já, concurseiro! A Turma Elite oferece questões comentadas, testes semanais, simulados, revisões, entre outros. Inscreva-se: bit.ly/cursos_PCDF
  • Tá estudando Direito Administrativo, concurseiro? Tome nota!
  • Com dúvidas a respeito das potências? Se liga na dica!
  • O famoso “pode entrar, ele não morde”. Será mesmo, concurseiro? 😂
  • Você merece e será recompensado por todo esforço. Não deixe de acreditar! 🙏🏽
  • É hora de se preparar, concurseiro! A Turma Elite oferece material completo pra você conquistar a sua vaga! O treinamento conta com simulados, testes semanais, questões comentadas, revisões, entre outros. Inscreva-se até 06/12: bit.ly/ponto_SEFAZAL
  • Essa confunde muita gente!

Siga-nos no Instagram

Scroll Up