Olá, pessoal!

Com a publicação do edital da Secretaria da Fazenda do Estado de Goiás, lançamos aqui no Ponto o curso de Realidade de Goiás, onde veremos aspectos históricos, culturais, geográficos, dentre outros, deste Estado.

Tendo em vista esta grande oportunidade, vamos aproveitar para lembrar um momento traumático deste Estado e que tem a ver com um triste capítulo da nossa história. O episódio ficou conhecido como “O acidente com o césio-137” ou, ainda, como o “maior acidente radiológico do mundo fora de usinas nucleares”.

O  grave episódio de contaminação por radioatividade ocorreu em Goiás e teve início em 13 de setembro de 1987, quando um aparelho de radioterapias  de uma clínica abandonada do centro de Goiânia foi encontrado por catadores de um ferro-velho local.

O incidente começou de fato quando dois jovens catadores de papel encontraram e abriram um aparelho contendo o elemento radioativo no prédio abandonado onde funcionava uma clínica desativada.

A peça seria depois deixada no ferro-velho, quando seria achada pelos catadores que a desmontaram e a repassaram para terceiros, espalhando, assim, a contaminação que iria afetar gravemente a saúde de várias de pessoas – deixando centenas delas mortas e muitas outras com sequelas irreversíveis.

Na Escala Internacional de Acidentes Nucleares (que vai de zero – valor de desvio sem significação para segurança – a sete – valor atribuído aos acidentes mais graves) foi classificado como nível 6 – acidentes com consequências de longo alcance.

Segundo a Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen), no âmbito radioativo, o Césio 137 só não foi maior que o famoso acidente na usina nuclear de Chernobyl, em 1986, na Ucrânia.

Após três décadas da tragédia, a casa em que vivia um dos catadores que encontrou a peça foi demolida no mesmo ano do acidente e, apesar de o solo ter sido todo retirado e ter sido substituído por várias camadas de concreto, nunca mais qualquer tipo de construção foi feita no local.

Abraços!

Professor Danuzio Neto.

Receba nossas novidades por e-mail

Autor(a): Professor Danuzio Neto

Licenciado em letras pela Universidade Estadual do Maranhão, exerce, atualmente, o cargo de Agente Fiscal de Rendas da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. Anteriormente, já exerceu também os cargos de Técnico Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região e de Escriturário do Banco do Brasil.

  • Estude! 🤣 #VidaDeConcurseiro

Mas lembre-se de curtir também, concurseiro! 😉
  • Não se limite! Continue trabalhando para ser a sua melhor versão.
  • Prepare-se para investir nos estudos e economizar ao mesmo tempo. Separe os melhores cursos para comprar pelo melhor preço na Black Friday do Ponto! ;)
  • Relaxa, continua os estudos que na hora da prova você lembra. 😉
  • Não perca tempo e tome nota dessa dica!
  • Comece bem a sua preparação para o TCDF com os aulões gratuitos de especialistas do Ponto! Participe e reforce o conteúdo da prova: bit.ly/eventos_TCDF
  • Conhecimento não tem preço!
  • O edital da SEFAZ/RS foi publicado, concurseiro! Garanta a sua vaga com o treinamento completo da Turma de Elite do Ponto: bit.ly/SEFAZRS_elite⠀

Siga-nos no Instagram

Scroll Up