Olá, nobre leitor!

O assunto agora tem a ver com a flexão do verbo. Este pode se flexionar em número e pessoa; tempo e modo; e voz. É sobre o último caso que conversar com você neste artigo.

Três são as vozes do verbo: ativa, passiva e reflexiva. Vejamos como cada uma delas é caracterizada:

I. ATIVA é indica que o processo verbal foi praticado pelo sujeito do verbo.

Ex.: Cabral descobriu o Brasil.

II. PASSIVA é indica que o processo verbal foi sofrido pelo sujeito do verbo.

Ex.: O Brasil foi descoberto por Cabral.

ATENÇÃO!

Observe, de acordo com os exemplos anteriores, que o SUJEITO da voz ativa (Cabral) torna-se AGENTE DA PASSIVA, assim como o OBJETO DIRETO da voz ativa (o Brasil) torna-se SUJEITO da voz passiva.

Entretanto, quando o SUJEITO da voz ativa for INDETERMINADO, na voz passiva não haverá AGENTE DA PASSIVA.

Ex.: Resolveram as questões. – voz ativa com sujeito indeterminado.

As questões foram resolvidas. (ou Resolveram-se as questões.) – voz passiva sem agente da passiva.

A voz passiva pode ser dividida em verbal(ou analítica) e pronominal(ou sintética).

Ex.: Aquelas crianças foram abandonadas. (verbo auxiliar + verbo principal no particípio = analítica)

Abandonaram-se aquelas crianças. (verbo TRANSITIVO DIRETO + pronome SE = sintética)

Agora considere o seguinte trecho: “[…] Pacientes afetados pela síndrome ultrapassaram muito a ‘fronteira da adaptabilidade às demandas’ […]”. Novamente, vamos treinar a transformação da voz ativa para a passiva.

Há ainda alguns cuidados a respeito das vozes passiva e ativa:

a) Ficou-se feliz com o resultado. Observe a estrutura: verbo de LIGAÇÃO + SE = sujeito indeterminado e voz ativa.

b) Vive-se bem neste lugar. Agora temos verbo INTRANSITIVO + SE = sujeito indeterminado e voz ativa.

c) Precisa-se de professores. Repare: verbo TRANSITIVO INDIRETO + SE = sujeito indeterminado e voz ativa.

d) Ama-se Muito cuidado: verbo TRANSITIVO DIRETO + SE + OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO = sujeito indeterminado e voz ativa.

III. REFLEXIVA é indica que o processo verbal é praticado e sofrido pelo sujeito ao mesmo tempo.

Ex.: Não me considero tão importante.

Reservamo-nos o direito de ficar calado.

Ele se deu um presente.

ATENÇÃO!

Observe, de acordo com os exemplos anteriores, que o verbo vem acompanhado de um pronome oblíquo que lhe serve de objeto e representa a mesma pessoa do sujeito.

Na prática, identifica-se a voz reflexiva acrescentando, conforme a pessoa, as expressões a mim mesmo, a ti mesmo, a si mesmo etc.

Ex.: Feri-me a mim mesmo.

Julgai-vos a vós mesmos.

No plural, a voz reflexiva pode indicar reciprocidade.

Ex.: Os amigos se cumprimentaram.

Amavam-se um ao outro.

Vejamos como o assunto já foi cobrado em prova de concurso.

[…]

13            Só no Império, em 1832, com o Código de Processo
Penal do Império, iniciou-se a sistematização das ações do
Ministério Público. Na República, o Decreto n.º 848/1890, ao
[…]

Internet: <www.mpu.mp.br> (com adaptações).

(Cespe/2015/MPU/Técnico)

Caso se substituísse “iniciou-se” (l.14) por foi iniciada, a correção gramatical do período seria prejudicada.

Comentário – A estrutura original constitui voz passiva sintética (ou pronominal). Observe que ela é formada por VTD + SE. A substituição proposta apenas mudaria a voz passiva sintética em analítica (ou verbal). Observe que até a concordância entre o particípio iniciada e o substantivo “sistematização” (núcleo do sujeito paciente) seria respeitada. Portanto não haveria prejuízo algum.

Resposta – Item errado.

Professor Albert Iglésia

Receba nossas novidades por e-mail

Autor(a): Professor Albert Iglésia

É graduado em Letras pela Universidade de Brasília (UnB) e tem especialização em Língua Portuguesa. Ministra aulas voltadas para concursos públicos desde 2001. Iniciou suas atividades como professor no Rio de janeiro. Atualmente, leciona aulas de interpretação de texto, gramática e redação oficial em alguns cursos preparatórios em Brasília. Além disso, é professor do ensino médio de um colégio público federal no DF. Já atuou como instrutor da Esaf, da Casa Civil da Presidência da República e de outras instituições voltadas para a capacitação de servidores públicos.

  • A memória também pode ser treinada, concurseiro! A fórmula de memorização do Prof. Fabiano Pereira vai te ajudar a se lembrar do que é mais importante na hora da prova. Participe do curso: bit.ly/curso_formulamemoria
  • Revelada a ganhadora do nosso sorteio de livros! Parabéns, Caroline (@_carolineroosa), bons estudos. 😄
  • Antes de começar a estudar, precisamos estabelecer um método, um caminho até o nosso objetivo. Confira 5 atitudes recomendadas pelo Prof. Bruno Fracalossi para melhorar os seus resultados: http://bit.ly/artigo_metodo
  • Dicas imperdíveis e gratuitas para a prova da AGU que vão fazer a diferença na sua preparação! Baixe o e-book e reforce o conteúdo: bit.ly/ebook_AGU
  • Foco nos estudos para poder transformar os sonhos em realidade. 😉
  • Me segura que eu vou ser nomeado! 😊
  • Abriu o edital do concurso para a Fundação Universidade de Brasília! Direcione os seus estudos com os cursos preparados pelos especialistas do Ponto. Garanta a sua vaga: bit.ly/cursos_FUB
  • Dicas para lutar contra a procrastinação e aprender a gostar dos estudos!

Siga-nos no Instagram

Scroll Up